POSSÍVEL ELEIÇÃO SUPLEMENTAR EM PARNAMIRIM COMEÇA A SER DISCUTIDA NOS BASTIDORES

DEBATE E SE TIVÉSSEMOS UMA NOVA ELEIÇÃO, NA SUA OPINIÃO, QUAL O MELHOR NOME HOJE PARA GOVERNAR PARNAMIRIM?

Por Genilson Souto
Editor do JE

 O Jornal do Estado tem conhecimento através de fontes que processos estão correndo na justiça contra a legalidade do último pleito, e a qualquer momento podem levar o Tribunal Regional Eleitoral a decretar uma nova eleição majoritária em Parnamirim. Seria algo inédito, porém, nos últimos anos, o Rio Grande do Norte, foi palco de diversas decisões do TRE que levaram a anulação de pleitos por abuso de poder econômico, por exemplo. Nada está descartado enquanto os processos não serem julgados e arquivados.

EXPECTATIVA

Aqui e ali, e em todos os momentos, começam a surgir nomes de postulantes ao cargo de prefeito da cidade “Trampolim da Vitória”. Alguns nomes são levados a sério, outros nem tanto, e ainda outros surgem como oportunistas, querendo aparecer na mídia e pleitear qualquer cargo nas próximas eleições de 2022.

Professora Nilda aparece como candidata natural, visto que disputou o pleito e perdeu a última eleição com uma diferença mínima de pouco mais de 8 mil votos, tem plenos direitos a disputar novamente uma eleição, e hoje teria em seu palanque uma senadora, um secretário de Estado e um deputado estadual.

Depois da professora Nilda, o nome que aparece com mais insistência na mídia, é o da atual vice prefeita, Kátia Pires, que não esconde de ninguém que quer sentar na cadeira mais confortável do poder executivo municipal, inclusive já anunciou inclusive que pretende ser candidata  em 2022, pois Taveira não será mais candidato, Kátia elegeu a filha, Carol, vereadora em seu lugar e conta com o apoio incondicional do ex-senador José Agripino; outro pretenso nome numa eventual disputa em caso de eleição suplementar, seria o de Airene Paiva, o tabelião foi candidato a vice do ex-prefeito Maurício Marques, que muitos já acreditam por todo problema jurídico que vem passando junto à justiça eleitoral, deu adeus a política, agora deve atuar nos bastidores da politica e com certeza iria pedir votos para Airene que possui um grupo com várias lideranças simpatizantes ao seu nome como prefeito.

A partir daí, outros nomes já surgem no cenário. Wolney França, Abidene Salustiano, Bira Marques, Andréa Nogueira, professor Eron estão trabalhando como alternativas para a chefia do executivo parnamirinense, e não tenham dúvidas que até 2024 outros nomes surgirão e muitos dos que estão botando seu nome como pré-candidato não passarão disso. Sobre a eleição suplementar, estamos acompanhando os processos que podem estabelecer um novo pleito.

E perguntamos: e se houvesse uma nova eleição, que nome seria, na sua opinião, o mais preparado para vencer o pleito?

A bolsa de apostas está valendo…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.