Patrícia Santiago ganha o carinho do povo potiguar e é um dos destaques das eleições de 2022

A jovem de apenas 27 anos sempre esteve a frente dos movimentos sociais e conta que o fazer pelo outro foi um dos grandes motivos para ela representar o povo em Brasília nas eleições desse ano.“Sempre me coloquei à disposição das tarefas do meu partido de acordo com o desafio de cada momento. Por isso, fui candidata a vereadora em 2016 em Carnaubais, fui candidata a Deputada Federal em 2018 e agora em 2022 me coloquei novamente à disposição por acreditar que o momento político exige de nós essa coragem e ousadia. Temos um cenário de carência de representação política de pessoas de origem popular, como eu. Além disso, também temos um cenário onde encontramos entre as mulheres, a juventude e a população negra e pobre a maior rejeição à Bolsonaro e acredito que nossa candidatura dialoga diretamente com esses segmentos. Então, nos colocamos nessa disputa como uma novidade e como uma das porta vozes desses segmentos” conta.

A base de campanha de Patrícia é bem sólida e amplamente voltada para as classes sociais menos privilegiadas e para as minorias.”As nossas principais pautas são a defesa e a luta pelos direitos da juventude; a pauta da educação, sobretudo de defesa da universidade, pois iniciei minha trajetória no movimento estudantil; a pauta das mulheres, sobretudo das mulheres negras e os direitos da população negra como um todo. Assim também como, a pauta do esporte e lazer e da cultura” diz.

No caminho da eleição, a candidata do PCdoB já tem seus planos para colocar em ação caso seja eleita em Outubro. “Contribuir com a construção e implementação de políticas públicas que sejam efetivas e que cheguem de fato na ponta, atendendo as necessidades e garantindo os direitos básicos desses segmentos que já mencionei, que nortearão as principais pautas que defendemos. Também desejo implementar uma agenda concreta de efetivação dos direitos da juventude, a exemplo da defesa de construção de um plano nacional de juventude” acrescenta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *