Moro: ‘A maior fake news da eleição é a candidatura do Lula’

O ex-juiz Sergio Moro (União Brasil), candidato ao Senado pelo Paraná, criticou, nesta terça-feira (23), a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao Planalto.“A maior fake news da eleição/2022 é a candidatura do Lula.

Alguém condenado por corrupção e beneficiado por um erro judiciário não tem moral para ser candidato”, escreveu nas redes sociais.Em 2021, o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou que o juiz Sergio Moro agiu com “parcialidade” no julgamento que levou à primeira condenação do ex-presidente por denúncias de corrupção.

Em 2017, Moro proferiu contra Lula uma sentença de 9 anos e meio de prisão, aumentada para 12 anos e um mês em janeiro de 2018 pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), corte de segunda instância, e reduzida depois a oito anos e dez meses em 2019 pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Lula, de 76 anos, ficou preso de abril de 2018 a novembro de 2019.O ex-presidente foi condenado, ainda, a 17 anos de prisão em outro julgamento iniciado por Moro, mas concluído por sua sucessora quando o juiz deixou a magistratura para se tornar ministro.

Essas duas condenações foram anuladas pelo ministro Edson Fachin, do STF, por considerar incompetente a 13ª Vara Federal de Curitiba para julgar os casos, determinando que sejam reiniciados na Justiça Federal do Distrito Federal. A decisão habilitou Lula a disputar as eleições presidenciais de 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.