Ministério Público arquiva inquérito sobre “fantasmas” na Assembleia Legislativa

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) arquivou inquérito civil público que investigava denúncia de funcionários fantasmas na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

O documento, assinado pelo procurador Eudo Rodrigues Leite, considera que “a investigação não revelou conduta irregular”. A investigação de servidores fantasmas no Legislativo estadual foi aberto em 2016.

“Após ultimada a instrução do feito por meio das diligências instrutórias pertinentes, relevantes e proporcionais ao objeto investigado, não há elementos de prova a ensejar propositura de demanda judicial, estando este membro do Ministério Público convencido da inexistência de elementos claros da prática de ato de improbidade administrativa, sendo caso de arquivamento, mormente em consideração à duração razoável da investigação e da natural dificuldade de identificação de elementos de informação e provas em razão do decurso do tempo”, apontou.

Ainda de acordo o procurador Eudo Rodrigues Leite, o arquivamento do inquérito será legado ao Conselho Superior do Ministério Público, para que ofereça razões contrárias ao arquivamento ora promovido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *