Governadora cita prioridades e destaca investimentos em rodovias

Recuperação de estradas, ampliação da rede de atendimento da saúde, reforço na segurança pública e melhoria do ensino foram os temas das entrevistas da governadora Fátima Bezerra na manhã desta terça-feira (04), as primeiras após a realização do primeiro turno das Eleições Gerais. Nos próximos quatro anos, a governadora disse que pretende colocar em prática o planejamento já existente das melhorias das escolas da rede estadual, além da construção e entrega de 12 unidades do Instituto Estadual de Educação Profissional, Tecnologia e Inovação (IERN), que vão profissionalizar o ensino médio; manter o pagamento do piso salarial nacional em sua integralidade aos professores e demais profissionais da educação.

Na saúde, afirmou que manterá os investimentos nos hospitais regionais e lembrou do legado de leitos deixados pelas ações em saúde durante a pandemia da covid-19. “Mossoró ficou com mais de 40 leitos de UTI. Aqui em Natal e Grande Natal nós temos cerca de 50 leitos de UTI a mais. Nós vamos continuar investindo nos hospitais regionais pra dar capacidade de resolutividade no atendimento”, disse ela, reconhecendo a necessidade de o Rio Grande do Norte ter um novo hospital do porte do Walfredo Gurgel.

“O Walfredo (Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel) foi construído quando Natal tinha entre 250 mil e 300 mil habitantes. Então, é necessário um novo hospital de trauma, de urgência e emergência. Vamos procurar o apoio do governo federal para isso”, enfatizou, citando ainda os investimentos em seis novas policlínicas que fazem atendimentos intermediários e as obras do Hospital da Mulher, que estão em fase conclusão com 90% da obra concluída, com 163 leitos voltados para a questão da saúde da mulher. A primeira policlínica, disse ela, será aberta em Caicó.

A governadora lembrou ainda que o governo está investindo este ano mais de R$ 110 milhões na recuperação e reconstrução de rodovias estaduais, a exemplo do que vem sendo feito na RN-233 entre Assu e Triunfo Potiguar, e garantiu que este trabalho terá continuidade em 2023. “Nós vamos ter uma carteira com mais de trinta projetos executivos, tanto de restauração de trechos críticos como a construção de novos trechos rodoviários. Cuidar das estradas será uma das prioridades”, disse ela.

Considerada estratégica para escoar a produção industrial e agrícola do Vale do Açu, a RN-233 recebe investimentos de R$ 74 milhões oriundos do empréstimo junto ao Banco Mundial. A rodovia ficará mais larga para comportar as carretas que transportam equipamentos para construção de parques eólicos na região. Outra estrada que também será reconstruída é a RN-401, de acesso à cidade de Guamaré, onde está localizada a refinaria Clara Camarão. O processo licitatório foi lançado na semana passada.  “Além de mais segurança para quem trafega em nossas estradas, os investimentos em infraestrutura das rodovias estaduais têm um caráter estratégico para a interiorização do turismo.”

Depois de destacar o trabalho realizado pelas forças de segurança na redução dos índices de violência no Rio Grande do Norte, Fátima disse que o governo vai nomear concursados da Polícia Civil para abrir novas delegacias de atendimento a mulheres vítimas de violência no interior do Estado. “Daremos continuidade à reposição gradativa de efetivos com a realização de novos concursos públicos para reforçar a segurança.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *