Evangélicos não podem permitir que pastores mintam nas igrejas, diz Lula

O ex-presidente e candidato ao Planalto Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que enfrenta uma série de fake news da campanha do adversário e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL), pediu nesta quinta-feira a apoiadores evangélicos que não permitam que pastores falem mentiras dentro das igrejas.

“Quem é evangélico deve frequentar sua igreja e não permitir que o pastor minta, não permitir. Ninguém que é religioso, nem padre nem pastor, pode mentir. O povo não vai à igreja para ouvir mentira, o povo vai à igreja para discutir a sua fé”, disse Lula em discurso a apoiadores em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

Alvo de várias fake news sobre religião, como a que diz que se eleito ele fechará igrejas, Lula tem rebatido as notícias falsas seguidamente. Na quarta-feira, ele divulgou uma “Carta Compromisso aos Evangélicos”, em que se compromete a manter a liberdade religiosa como em seus governos anteriores, entre outros pontos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *