Deputado que substitui Kelps Lima na Assembleia pede revogação do Dia da Visibilidade Lésbica no RN

O deputado estadual Michael Diniz (Solidariedade), que assumiu a cadeira do colega de partido, o deputado afastado e atual candidato a deputado federal, Kelps Lima, apresentou nesta quarta (24) um pedido de revogação da lei que institui o Dia Estadual da Visibilidade Lésbica, celebrado em 29 de agosto.

A lei, proposta pela deputada estadual e candidata à reeleição Isolda Dantas (PT), foi sancionada pela governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), em 2020. Segundo o parlamentar, é preciso “limpar essas leis” para que a população consiga “lidar melhor com a legislação”.

Michael Diniz tem 27 anos, é dono de postos de combustíveis em Parnamirim, cidade que faz parte da região metropolitana de Natal, se autodeclara monarquista, soldado de Bolsonaro e minimiza o racismo em suas falas.Entre janeiro e junho deste ano, 135 pessoas LGBTQI morreram,. segundo pesquisa do GGB (Grupo Gay da Bahia).

Foram 63 gays, 58 mulheres trans ou travestis foram mortos. Também foram registrados três óbitos de homossexuais, de duas lésbicas e de um homem trans.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.