A PANDEMIA NÃO ACABOU, A PREVENÇÃO CONTINUA!

  Infelizmente ainda não estamos seguros quanto ao contágio do coronavírus, os casos e as vitimas fatais estão estampados na mídia mundial, e para piorar, tomamos conhecimento através das autoridades sanitárias do aumento em larga escala, dos casos de novas variantes do Covid 19.  Desde o início de 2020 que a pandemia, está tomando conta dos noticiários diariamente, são milhões de vidas perdidas e famílias destroçadas por conta desse mal que atingiu a população do nosso planeta. Segundo a Organização Mundial de Saúde, a definição dessa pandemia é a propagação de uma nova doença em um grande número de indivíduos, sem imunização adequada para estancar o contágio, a doença continua se alastrando em várias parte do mundo, ela está cada vez mais perto de nós e precisamos nos cuidar sempre!

Há pouco mais de um ano depois dos primeiros casos, as vitimas de Coronavírus diminuíram em alguns países mas voltaram a subir, principalmente na América do Sul, como está claro nas manchetes dos jornais:

“EUA registram mais de 2.400 mortes por covid-19 em um dia, o maior número em 6 meses”

“Paraguai estende restrições pela covid-19 até o início de julho”

“Fiocruz: Casos de síndrome respiratória voltam a crescer em 14 capitais”

“Brasil tem 2.900 óbitos em 24 h e mantém alta em média de mortes por covid-19”

“Covid: Américas têm recorde de mais de 1,5 milhão de casos na última semana”

A única maneira eficaz de combater o Covid  19, é através da imunização, as vacinas chegaram, ainda em números insuficientes para atender a todos de uma só vez, ou seja, através da vacinação da população é que os casos vão cair drasticamente, é preciso ter paciência e se cuidar. A pandemia não acabou, a sociedade precisa entender que o uso de máscaras, álcool e gel, distanciamento social, enquanto se é vacinado, é a alternativa mais indicada pelas autoridades sanitárias. As medidas protetivas pode parar o Covid 19, mas só depende de cada um de nós, vamos ajudar a vencer essa pandemia.

A higiene, lavagem de mãos, manter distanciamento social, evitar aglomerações, evitar o toque e o compartilhamento de objetos pessoais e USAR A MÁSCARA são medidas que diminuem sim a disseminação do vírus.

Até porque precisamos destacar que portadores assintomáticos correspondem até a 85% de todos os pacientes contaminados com a doença e realmente, a máscara comum, não evita a contaminação da pessoa que está com a máscara, mas pode evitar a disseminação/propagação do vírus e a contaminação de outra pessoa.

Se todos usarem máscaras a possibilidade de contaminação pode diminuir mais de 80%. Por isso é fundamental O USO DA MÁSCARA, por mais desconfortável que seja e mesmo que pareça que tudo já passou.

Desta forma o JORNAL DO ESTADO faz um apelo a todos os cidadãos, sejam eles, parnamirinenses, potiguares, brasileiros e/ou estrangeiros, que mantenham as medidas protetivas, que utilizem as máscaras e que continuem cuidando uns dos outros, para podermos colaborar com os profissionais da saúde que se esforçam todos os dias para cuidar dos enfermos, agindo assim vamos ajudar a diminuir a nova variante e quem sabe, em poucos meses, voltarmos a ter uma vida “normal. 

Faça a sua parte e diga não ao contágio!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.