Carta pela democracia: atos simultâneos ocorrem em Natal e em outras mais de 60 cidades brasileiras

Movimentos sociais e sindicais realizam atos em defesa da democracia e de eleições livres nesta quinta-feira, 11, em todo o País.

Ao todo, mais de 65 manifestações são esperadas nas capitais e em algumas cidades do interior. Essas mobilizações têm como objetivo se somar à leitura pública da “Carta às Brasileiras e aos Brasileiros em Defesa do Estado Democrático de Direito”, que será realizada no Largo São Francisco, em São Paulo, a partir das 10h.

O documento já havia recebido mais de 900 mil adesões até o início desta quinta e conta com a assinatura de juristas, intelectuais, artistas, centrais sindicais e empresários em defesa da democracia.

Em Natal, uma movimentação está marcada para acontecer no período da tarde, nas imediações do shopping Midway Mall. A concentração começa a partir das 14h30, no cruzamento entre as avenidas Salgado Filho e Nevaldo Rocha. A mobilização nacional é organizada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), centrais sindicais, movimentos populares, partidos políticos, estudantes e outras entidades da sociedade civil. Na capital potiguar

Para a movimentação, a Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) de Natal comunicou que fará a interdição do trecho da via onde haverá concentração a partir das 14h. O bloqueio será feito na Avenida Salgado Filho, no cruzamento da Alexandrino de Alencar e no cruzamento com a Nevaldo Rocha.

Segundo o inspetor da STTU, Carlos Eugênio, “a operação de coordenação do trânsito na região contará com quatro viaturas, seis batedores e os condutores de veículos devem evitar a região. Os veículos poderão seguir pela avenidas Prudente de Morais, Romualdo Galvão e Rui Barbosa no sentido centro/bairros.”

A previsão é que após a concentração, os manifestantes partirão em direção à praça da Árvore, no conjunto Mirassol, na Zona Sul da Natal, onde a chegada está prevista para às 17h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.