DESTAQUESMossoró

Prefeitura de Mossoró exonera gestor cultural após áudio com suposto superfaturamento

O prefeito de Mossoró exonerou na quarta-feira (1º) o gestor cultural Thiago Bento, que ocupava cargo de diretor do Departamento de Gestão Cultural. A exoneração foi publicada no Diário Oficial de Mossoró dias após a divulgação de um áudio no qual — supostamente — ele estaria negociando valores de apresentações culturais com superfaturamento.

As informações são do Blog do Barreto.

Por meio de nota, a Prefeitura de Mossoró explicou a exoneração: “A Prefeitura de Mossoró tomou conhecimento de áudio envolvendo servidor do Município, o qual tratava de suposto caso de irregularidade no trato da coisa pública. Referido servidor já foi exonerado e o caso agora deverá ser apurado pelas instâncias competentes”.

No áudio, em determinado trecho, um homem que supostamente seria Thiago Bento, diz “tem coisa aqui que preciso alterar. O que fazer para não ficar sem receber nada? Vou botar seu cachê de R$ 25 mil e R$ 5 mil meu”.

Em outro trecho, a mesma voz diz “esse dinheiro aqui que tá para figurino vai para ‘Zé Mulher’… A gente coloca para a companhia… Digamos que a companhia cobra R$ 25 mil, aí a gente coloca R$ 50 mil para a companhia”. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *