Central

Governo do RN discute parcerias no setor de energias renováveis com a Noruega

O Governo do Rio Grande do Norte recebeu nesta quinta-feira (09) a cônsul-geral da Noruega, Mette Tangen, para abordar os investimentos do país europeu no estado. A empresa nórdica Scatec, com sede Oslo, deve iniciar a operação, ainda no primeiro trimestre de 2024, de uma usina fotovoltaica na cidade de Assu, com investimentos de R$ 2,4 bilhões.

A unidade será uma das maiores usinas fotovoltaicas em terras potiguares, com capacidade instalada de 531 megawatts (MW). Atualmente em obras, a UFV Mendubim emprega 1,5 mil pessoas – sendo 60% dos contratos de moradores de Assu. A estrutura fotovoltaica poderá abastecer com eletricidade 600 mil residências.

O secretário de Estado de Governo e Relações Institucionais (Segri), Adriano Gadelha, comentou a consolidação do Rio Grande do Norte no setor de energias renováveis. “Muito importante conhecer o interesse das empresas norueguesas no Rio Grande Norte, contribuindo para o crescimento econômico, desenvolvimento sustentável e fortalecendo o setor de energias limpas”, disse.

Segundo a cônsul-geral Mette Tangen, as empresas norueguesas investiram US$ 7,3 bilhões no Brasil entre 2021 e 2022, representando um aumento de 5,6% em comparação com o período entre 2019 e 2020. Esses investimentos geraram cerca de 31 mil empregos diretos e 133 mil empregos indiretos.

“Do total de investimentos no Brasil, 16% deles foram direcionados para a energia renovável. Esse crescimento reflete a sólida parceria entre a Noruega e o Brasil”, disse a cônsul.


O Brasil abriga 236 empreendimentos noruegueses em 19 estados, consolidando o país como o terceiro maior mercado para os investimentos noruegueses, atrás apenas da Europa e dos Estados Unidos.

Mette Tangen também aproveitou a reunião para falar do “Workshop de Inovação em Renováveis – Rio Grande Norte e Noruega”, que acontece nesta sexta-feira (10), em Natal, e que será promovido pelo governo do Rio Grande do Norte em parceria com o Consulado Geral do país europeu. As atividades irão acontecer no Hub de Inovação e Tecnologia do SENAI-RN, no bairro de Lagoa Nova. O evento promete fazer um panorama sobre investimentos e projetos de inovação em energia eólica offshore e energia solar entre os dois mercados.

“É muito animador ver o esforço de cooperação na área acadêmica e de pesquisa, especialmente no campo das energias renováveis, que são uma vocação tanto para o Rio Grande do Norte quanto para a Noruega”, reforçou a cônsul.

O Rio Grande do Norte se destaca como um líder na geração de energia renovável, com 94% de sua matriz elétrica composta por fontes limpas, incluindo 8,7 gigawatts de potência eólica em operação. O estado encerrou 2022 com um recorde de captação de mais de R$ 31 bilhões para novos parques de energia eólica nos próximos anos, consolidando sua posição como referência no setor.

Na reunião com representantes do consulado norueguês no Brasil, também participaram o secretário de Infraestrutura, Gustavo Coelho, o secretário adjunto de desenvolvimento econômico, Sílvio Torquato, e o coordenador de Desenvolvimento Energético do Rio Grande do Norte, Hugo Fonseca. Também participou Tonje Flatmark Sødal, primeira-Secretária da Embaixada da Noruega; Gutemberg Tinoco, cônsul honorário da Noruega em Natal; Bruno Leinio, gerente de projetos sênior Innovation Norway; Marcelo Dias, e vice-presidente Scatec; e Gabriel Francisco, assessor político e econômico do consulado da Noruega.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *