CidadesParnamirimPolítica

Rafaela elogia postura da professora Nilda a favor das mulheres

A Fonoaudióloga Rafaela Cruz, tem a política no sangue. “Uma das coisas mais legais que testemunho no dia-a-dia quando estou com a minha mãe é o carinho das pessoas por ela. É gratificante sair às ruas”, revela a filha caçula da professora Nilda.

Uma das bandeiras defendidas pela professora Nilda que Rafaela faz questão de ter como exemplo, é justamente a luta pelos direitos das mulheres: “Na sua trajetória, ficou evidente a necessidade de lutar pelas mulheres, de impedir a violência doméstica, de garantir emprego e renda, de melhorar a educação, do sonho da moradia. Direitos básicos, mas que ainda são negados a muitas mulheres. O apoio da professora Nilda é importante, lutando por esse segmento faz muita diferença”, pontua Rafaela.

Uma das principais instituições em defesa das mulheres é o Instituto Educar para Mudar, ONG que foi fundada em 15 de novembro de 2016, atualmente liderada por Rafaela. “Ainda há muita dificuldade para que as mulheres denunciem atos de violência. Muitas só procuram as autoridades após serem agredidas fisicamente pelos parceiros”, lamenta.

“É preciso criar toda uma estrutura para acolher a mulher. Proteção contra violência física e inclusão no mercado de trabalho. A questão da violência não pode ser trabalhada isoladamente. Não adianta a mulher estar apenas protegida da violência. Ela precisa conseguir se manter financeiramente”, reforça.

De acordo com Rafaela Cruz, as redes sociais da professora Nilda também estão disponíveis para sugestões de projetos e discussão de políticas públicas para defender essas mulheres. Esse é um aspecto que anima Rafaela para a construção de uma agenda exclusiva para as mulheres, pois muitos projetos nascem a partir de sugestões dos próprios munícipes.

“Faço um apelo pela participação feminina na política. Ideias são bem-vindas, especialmente em relação a mulheres e crianças”, diz Rafaela.

Por Genilson Souto – Jornalista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *