IX CONFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE SÃO JOSÉ DO SERIDÓ SUPEROU EXPECTATIVAS

A mesa de autoridades contou com a presença de Simone Santiago, como presidente do CMAS, Joilma Cibele Dantas, representante dos usuários, Dirceu Soares, secretário municipal de meio ambiente, que representou o prefeito Jackson Dantas, e Suzete Pereira, secretária municipal do trabalho, habitação e assistência social.

O Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) de São José do Seridó, no Rio Grande do Norte, promoveu nesta manhã do dia 22 de junho a IX Conferência Municipal de Assistência Social. O evento teve como tema central “Reconstrução do SUAS: O SUAS que temos e o SUAS que queremos” e reuniu representantes da sociedade civil, usuários, governo municipal e diversos segmentos.

A presidente do CMAS, Simone Santiago, enfatizou a importância desses momentos para a discussão de temas relevantes que visam aprimorar a política de assistência social no município, além de ampliar a visibilidade das ações desenvolvidas nessa área. A conferência teve a participação de diferentes categorias, sobretudo os usuários, garantindo assim uma ampla representação da comunidade.

A mesa de autoridades contou com a presença de Simone Santiago, como presidente do CMAS, Joilma Cibele Dantas, representante dos usuários, Dirceu Soares, secretário municipal de meio ambiente, que representou o prefeito Jackson Dantas, e Suzete Pereira, secretária municipal do trabalho, habitação e assistência social.

Joilma Cilene, representante dos usuários, ressaltou a importância do SUAS e destacou sua experiência como beneficiária dos serviços prestados pela Assistência Social. Ela enfatizou o papel essencial do SUAS na melhoria das condições de vida das pessoas atendidas.

A conferência foi um espaço privilegiado para o debate sobre a reconstrução do SUAS e permitiu a troca de experiências entre os participantes, reforçando o compromisso da cidade de São José do Seridó em fortalecer a política de assistência social e garantir o pleno acesso aos direitos socioassistenciais.–

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *