OpiniãoTrocando em Miúdos

Trocando em Miúdos | Edição 236

O Supremo Tribunal Federal (STF) deferiu uma liminar do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), que solicitou que a distribuição do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) deste ano não utilize os dados populacionais do Censo Demográfico de 2022. Os dados, ainda não finalizados, traria uma perda no orçamento em 27 das 167 cidades potiguares.

O FPM é um repasse da União aos municípios pela participação na arrecadação de tributos federais. A distribuição dos recursos é feita de acordo com o número de habitantes de cada cidade. Em 2022, o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou que a distribuição do Fundo deste ano obedecesse aos dados prévios do Censo de 2022, que ainda não encerrou em todas as cidades brasileiras.

O QUE É PROTESTO?
É um ato formal que comprova a inadimplência ou o descumprimento de uma obrigação originada em títulos e outros documentos de dívida, seja o devedor uma pessoa física ou jurídica. É a oportunidade de negociação que preserva os direitos de todos os envolvidos e cria um vínculo entre credor e devedor que só se encerra quando a dívida é resolvida. Para isso, é preciso apresentar o título ou documento diretamente em um cartório de protesto, ou enviá-lo por meio eletrônico. Esse é o meio mais rápido, eficaz e seguro para recuperação de crédito. Por ter amparo legal e fiscalização do poder público.

TAVEIRA: GOL DE PLACA!
A contadora Maria Laíde de Souza Leão é uma mulher que se revela frágil no aspecto físico, mas de uma áurea generosa e glamorosa, uma gigante nas suas atitudes, uma mulher de força que inspira e encoraja outras mulheres. A indicação pelo prefeito Rosano Taveira para que ela ocupe a recém-criada secretaria das mulheres, finalmente é uma boa notícia que vem do gabinete frio do coronel. 

A empresária nascida em Monte Alegre e adotada há mais de 60 anos pela cidade “Trampolim da Vitória” aqui estudou, se formou, abriu seus negócios, constituiu família, fez amigos e construiu uma história de luta em defesa da mulher. Ex presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos das Mulheres, instituição que ela ajudou a fundar ao lado de Dona Celina Alves, viúva do saudoso Agnelo Alves, tem sua digital registrada para sempre.

TRAJETÓRIA DE LUTAS

Ao longo das décadas, Maria Laíde vem lutando com determinação pelo protagonismo feminino, pelo fim da violência contra as mulheres, pela empregabilidade feminina e sem nunca ter ocupado cargo público fez muito mais pela cidade, pelas pessoas, do que muitos e muitas que se locupletam em funções eletivas. Uma empresária que deu uma grande contribuição ao desenvolvimento de Parnamirim atuando na direção da CDL, e que na maioria das vezes fez muito sem precisar de holofotes. Mas agora chegou a vez de assumir mais um importante desafio em sua carreira vitoriosa.
Maria Laide Leão é uma mulher de hábitos simples, uma devota de Deus e de Nossa Senhora de Fátima por convicção, mãe dedicada, avó amada e que ama, uma amiga de todas as horas; uma líder que com amorosidade conquista as pessoas e é voz para muitas mulheres anônimas, não alcançadas pelas políticas públicas e as coloca em lugar de destaque. Uma grande parnamirinense que agora teve seu merecido reconhecimento. Taveira depois de tantas pisadas de bola, faz um gol de placa.

A POSIÇÃO DE OPOSIÇÃO DE NILDA BENEFICIA TAVEIRA

A professora Nilda até as convenções do meio do próximo ano, deve conversar com quase todos os partidos que integram a oposição. Mas o que se observa é uma clara divisão de forças que beneficia o taveirismo. O coronel dublê de prefeito está achando tão fácil que está lançando candidato em cima de candidato. São parentes, gatos e cachorros, tem até quem responde processo na justiça, quem jamais será prefeito vive engolindo corda que o prefeito já esticou, mesmo assim segue o jogo que a oposição assiste atônita!
A clara posição de oposição da professora Nilda beneficia a eleição do candidato do prefeito. Ela confirmou para a coluna que conversou com alguns partidos, inclusive com o PV que fez o convite para seu ingresso na legenda, mas ainda sem uma definição sobre se ela seria mesmo a candidata do partido em 2024, mesmo porque o partido de Fativan Alves faz parte de uma federação partidária composta ainda pelo PT e PCdoB, portanto tem muito diálogo pela frente para efetivar uma possível frente de apoio a professora Nilda. O que está faltando para isso se concretizar ainda não sabemos. Mas a coluna está nos bastidores em busca dessa resposta. Quem sabe na próxima semana teremos novidades sobre o destino da professora Nilda que ainda é filiada ao Solidariedade. Mas uma coisa está muito clara: dificilmente a professora Nilda vai receber o apoio da governadora Fátima para ser a sua cabeça de chapa. Se terá espaço como vice-prefeita numa eventual filiação algum partido da Federação – pode se o PV – só o tempo dirá. Fátima, o PT, PV e PCdoB quer uma pessoa de confiança e Nilda não é essa figura…fora desse contexto nenhum partido de oposição pode oferecer uma estrutura capaz de derrotar o candidato do coronel que pelo caminhar deverá ser mesmo Wolney França. Porém, é bom lembrar que no passado Taveira e Fátima já foram aliados…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *